CruxPorts4Slack – Ports para Slackware

Introdução

O Cruxport4Slack é um software com o intuito de montar uma hierarquia de diretórios chamada ports semelhante ao ports utilizado em sistemas BSD.A hierarquia de diretórios (/usr/ports/) dos sistemas BSD são mais complexos em comparação a hierarquia utilizada pelo Cruxports4slack, isto devido a diversos motivos que infelizmente não estarei entrando em detalhes.

O CruxPorts4Slack utiliza um portdb, que nada mais é a hierarquia dos diretórios que contem arquivos com informações essenciais para haja sucesso nas instalações dos software a partir dos códigos fontes. Esse portdb é mantido pela equipe de desenvolvedores do “Crux Linux” a equipe também conta com alguns colaboradores de derivados projetos.

O Cruxport4Slack realiza o download do código fonte desejado diretamente no site (HTTP) ou ftp (FTP) oficial do projeto, após este processo o Cruxport4Slack irá iniciar o processo de compilação do código fonte, se tudo ocorrer bem automaticamente o CruxPorts4Slack cria um pacote .tgz obedecendo todo padrão de diretórios necessários para a criação de um pacote do sistema Slackware e automaticamente este pacote é instalado.

Instalando o Cruxport4Slack

Para instalar o Cruxport4Slack é necessário realizar o download do pacote no site oficial do projeto:

Após realizar o download, obviamente é necessário instalar o pacote.

# installpkg cruxports4slack-20060822-i486-1.tgz

Verificando o log de instalação do Cruxport4Slack:

# cat /var/log/packages/cruxports4slack-20060822-i486-1

Observação: cruxports4slack-20060822-i486-1.tgz era a versão mais recente do pacote que estava disponível no site.

Configurando

Para instalar esse software no Slackware veja:

Bom, quando se atualiza com o comando:

# ports –update

Ele gera duas pastas, a contrib e a opt. Para adicionar mais faça isso:

# cp opt.httpup kde.httpup

Agora abra o kde.httpup com o editor da sua escolha e observe que ele tem apenas duas linhas que não são comentários:

ROOT_DIR=/usr/ports/kde
URL=http://crux.nu/ports/crux-2.2/kde/

A primeira indica para onde vai a estrutura de pasta quando atualizar o ports e a segunda aonde buscar os softwares que poderão ser instalados.

Então se precisar do repositório de xorg ficaria assim:

#
# /etc/ports/contrib.httpup port collection of contrib (crux@morpheus.net)
#

# Especifica onde você ficará a estrutura das pastas
ROOT_DIR=/usr/ports/xorg

# Especifica onde buscará a estrutura das pastas
URL=http://crux.nu/ports/crux-2.4/xorg/
Aqui poderá buscar outros:

CruxPorts4Slack – ports

O comando ports é responsável por instalar, atualizar e listar a hierarquia de diretórios do ports (/usr/ports/), como ainda não consta nada em nossa hierarquia de diretórios, iremos realizar o download de toda hierarquia de diretórios no mirror oficial do “Crux Linux” utilizando o comando ports:

# ports –update

Após todo o procedimento de download automático, a hierarquia de diretórios estará criada em /usr/ports/.

Para localizar um software na hierarquia de diretórios do ports deve-se executar o seguinte comando:

# ports –list | grep NOME-DO-SOFTWARE

Exemplo de como localizar o software “fping”:

# ports –list | grep fping
contrib/fping

Então isto indica que o fping consta na hierarquia de diretórios do ports em /usr/ports/contrib/fping/.

Outra função interessante do comando ports é a checagem de novas verões dos softwares contidos na hierarquia do ports, para realizar esse procedimento deve-se executar o ports da seguinte forma:

# ports –diff

Para mais informações do comando ports:

$ ports –help
$ man ports

CruxPorts4Slack – pkgmk

O comando pkgmk é o responsável por realizar todo o procedimento de download e instalação do código fonte do software selecionado na hierarquia de diretórios do ports.

Para instalar um software desejado devemos utilizar os parâmetros “-d -i” do pkgmk, então abaixo segue o procedimento de como se instalar o fping a partir dos fontes utilizando o Cruxport4Slack:

# ports –list | grep fping
contrib/fping
# cd /usr/ports/contrib/fping/
# pkgmk -d -i

O pkgmk irá realizar o download do código fonte mais recente do fping no site oficial www.fping.com e automaticamente irá iniciar o processo de de compilação dos códigos fontes do fping. Automaticamente o Cruxport4Slack irá criar um pacote Slackware (TGZ) obedecendo todos os padrões necessários para que haja a compatibilidade do pacote criado com o sistema padrão de pacotes do Slackware.

Com o pkgmk também é possível atualizar os pacotes já instalados no Slackware, mesmo para os pacotes que não foram instalados via Cruxport4Slack. Para atualizar o pacote a partir do código fonte deve-se utilizar a opção “–upgrade” do pkgmk.

# ls /var/log/packages/fping-2.4b2_to-i686-1
/var/log/packages/fping-2.4b2_to-i686-1
# ports –list | grep fping
contrib/fping/
# cd /usr/ports/contrib/fping/
# pkgmk –upgrade

Para obter mais informações sobre o pkgmk:

$ pkgmk –help
$ man pkgmk

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s